6 de fev de 2011

Como Se Livrar de um Vampiro Apaixonado - Beth Fantaskey


Editora: Sextante
Páginas: 295
Casar-se com um vampiro certamente não estava nos planos de Jessica Packwood para seu último ano escolar. Mas quando um novo aluno esquisitão (e muito gato) chamado Lucius Vladescu aparece do nada, dizendo que Jessica pertence à realeza vampírica e está prometida em casamento a ele, futuro líder do clã mais poderoso dos vampiros, ela é obrigada a rever seus conceitos. Se a garota ainda nem beijou na boca, como pode sequer pensar em um compromisso eterno? Armada com uma autoconfiança recém-adquirida, Jessica passa por uma transformação drástica de adolescente nerd americana para princesa vampira europeia nessa sátira cheia de reviravoltas e surpresas. 






Nem na praia eu conseguia me livrar de uma livraria, fomos passear no centro e adivinha o que eu encontro? Aham! Uma Livraria Nobel, andando pra lá e pra cá encontrei esse livro. Já tinha ouvido um pouco sobre ele e mesmo cansada desse blábláblá vampiresco resolvi comprar.
Voltei da viagem e passei semanas adiando a leitura. Até que chegou um dia que resolvi parar e dar uma chance para o pobrezinho. E quem disse que depois consegui desgrudar dele?

A estória me prendeu desde a primeira página daquele jeito leve e descontraído e pensei: deve ser mais um livro onde as mocinhas terminam com os vampiros e vivem felizes por toda a eternidade e mimimi. Mas o modo como a Beth narra, os diálogos super inteligentes e o turbilhão de sentimentos que passei na leitura me pegaram totalmente desprevinida. Várias reviravoltas.

Sem falar do Lucius... é... Lucius... aaah. Ele é do tipo que faz com que você se apaixone por ele de qualquer maneira. Você prefere um malvadão, um mocinho, um galanteador? Bom, ele consegue ser todos os tipos juntos.

Esse é o primeiro livro da B. Fantaskey e acredito que vamos ouvir muito sobre ela daqui pra frente.
Resumindo toda a enrolação, é um livro divertido, emocionante e super empolgante. Mas não se engane, se você está esperando uma estória dark cheia de sangue esse não é o mais indicado.


7 comentários:

  1. Gosto do título e da história. Parece ser bastante descontraído, daquele tipo de leitura gostosa que nos conduz fácil, fácil. Eu leria :)

    ResponderExcluir
  2. Também to super cansada desse blah blah blah de vampiros, mas esse é dos que eu abro ma exceção pra ler. Só falta comprá-lo.
    O título é engraçado e meio bobo, acho que por isso fiquei tão relutante no inicio. Mas depois dessa resenha, com certeza vou incluí-lo nas minhas próximas compras.

    xx

    ResponderExcluir
  3. Ahn,
    eu tb fiz resenha desse livro Hj!!
    Achei muito bom mesmo!
    Sem contar que to apaixonada por Lukey! ahaha
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Já tá na minha lista das próximas compras, adorei a reseha, ele parece ser um livro leve e bom de ler! E a Evellyn anda falando tão bem dele no blog dela que vou arriscar, rs. Enfim, beijos

    ResponderExcluir
  5. Nossa gente, eu super quero ler esse livro!
    Adorei aresenha Andressa!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Não, não muito obrigado, mas nao quero ler não.
    Deve ser até que interessante, mas acho q é mais um livro se aproveitando da moda vampiresca.
    Posso estar sendo preconceituoso, mas é o q eu acho. Mas a autora tem seus meritos por exatamente desconstruir um pouco os ultimos livros de vampiros q estao sendo lançados.

    Abraço
    Victor Lopes
    yaboys.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Cara, eu já li esse livro e eu AMEEEEEI, eu senti muuita raiva tinha certos momentos, mas mesmo assim eu não conseguia parar de ler, li em 1 dia. O livro é definitivamente ótimo!

    ResponderExcluir

• Escreva um comentário e deixe uma blogueira muito feliz!

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul editado por Anderson Vidal