26 de dez de 2011

Confissões de um Turista Profissional - Kiko Nogueira

Confissões de um turista profissional
Editora: Novo Conceito
Páginas: 94

Quem gosta de viajar, e viaja mesmo (isto é, não faz turismo pra inglês ver), sente uma vontade danada de falar a verdade sobre os lugares que visitou. Coisas como: vale a pena todo aquele trabalho no Louvre para não ver a Monalisa? Existe algum lugar mais insalubre do que uma barraca de praia no Nordeste? Mas falar essas coisas é, no mínimo, tornar-se um chato. Pois Jota Pinto Fernandes, alter ego de Kiko Nogueira, é o chato que vive em cada viajante. Corajoso o suficiente para dizer o que as agências e seu amigo que acabou de chegar de Nova York nunca falarão. Confissões de um Turista Profissional é uma leitura para quem quer olhar as lindas fotinhos no celular, na volta daquele pacote inesquecível, e pensar: “E não é que era isso mesmo...?” 





"Confissões de um Turista Profissional" é um livro bem diferente, se comparado ao que estou habituada a ler. Ele é pequeno, com apenas 94 páginas, dividido em crônicas com o mesmo tema: viagens. Porém abordando assuntos diferentes, como por exemplo os lugares, as companhias aéreas, as situações e etc.

Achei a proposta do livro interessante e o li em poucas horas, tanto pela quantidade de páginas quanto pela narrativa que é leve e bem humorada. O autor "Kiko Nogueira" que também é ex-diretor da revista Viagem e Turismo e do Guia Quatro Rodas mostrou ser mestre no assunto e expressou ao longo das páginas inúmeras críticas inteligentes sobre o que ele mais entende.

Gostei de várias observações que foram citadas, de certa me mostrou um outro lado da vida do viajante que eu nunca havia parado para pensar. Aqueles pequenos detalhes como a comida que servem no avião ou a diferença no modo de tratar as pessoas da classe econômica.

Aqueles que gostam de viajar podem se identificar bastante com alguns fatos. A leitura é leve, humarada e agradável. Um bom livro para ler agora que estamos em tempo de férias!

4 comentários:

  1. Oi Andressa!
    To com esse livro aqui em casa, mas ainda nem peguei pra ler.
    Eu gosto de livros que contêm crônicas, e acho que a temática escolhida por esse livro em questão é bem legal.
    Li mt resenha do povo falando que é bem engraçado o livro, e isso me instiga mt a ler.
    bjs!
    (tudo por um livro)

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Olá Andresa!
    Quero muito ler este livro, parece ser bem interessante.
    Sinceramente, viagens são a minha maior paixão! Tanto que pretendo ser aeromoça e cursar gestão de turismo e hotelaria.
    Dois fatores me deixaram com muita vontade de lê-lo: o humor e por serem crônicas sobre o assunto.
    Parabéns pela tua resenha!

    Beijos,
    @umalimonada - http://samyaquino.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu li esse livro e nem de longe foi o melhor do ano nem o livro de crônicas que mais gostei. É bom mais não o bastante.

    ResponderExcluir

• Escreva um comentário e deixe uma blogueira muito feliz!

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul editado por Anderson Vidal