31 de ago de 2012

Conselho de amiga - Siobhan Vivian

Editora: Novo Conceito
Páginas: 224


Ruby está completando 16 anos... mas o dia especial não é tão doce quanto foi planejado. Seu pai desaparecido há muito tempo aparece e Ruby não quer ter nenhuma relação com ele. Ao contrário, ela quer sair com seus amigos — a leal Beth, a perigosa Katherine e a fofoqueira Maria. Elas dão muitos conselhos a Ruby — sobre garotos, seu pai e como ela deve se vestir e como deveria estar se sentindo. Mas, na verdade, ela não sabe o que pensar ou sentir. Especialmente quando um novo garoto entra em cena... e Ruby descobre que algumas de suas amigas não são tão verdadeiras quanto dizem.






Confesso que eu não estava muito afim de ler "Conselho de amiga", não gostei da capa e tinha certeza de que seria um livro para meninas de doze anos de idade. Em partes eu estava certa em outras não.

O livro narra a história de Ruby, uma garota que está completando 16 anos e que possui uma vida complicada, pois seus pais são separados e ela se sente traída pelo pai, que simplismente desapareceu da vida dela. A relação de Ruby com a mãe também não é das melhores. As únicas pessoas que a garota tem certeza de que são boas para a vida dela são suas amigas, em especial Beth que é considerada por ela a melhor amiga de todas.

No dia do aniversário de Ruby algo muito estranho acontece, seu pai aparece na festa. Chocada e sem saber o que fazer a personagem conta com a ajuda de suas tão queridas amigas para acabar com a tristeza que está sentindo. Mas Ruby fica ainda mais confusa quando um novo garoto aparece e mexe com seu coração. E é assim que, aos poucos, ela acaba descobrindo o verdadeiro significado da palavra amizade.

"Conselho de amiga" é, como eu havia dito, um livro para pré-adolescentes. Mas ele não é apenas um livro leve e de leitura agradável, a autora conseguiu passar uma mensagem legal sobre amizade e questões familiares. Porém mesmo aprovando o fato de ela ter trabalhado esse aspecto não consegui gostar do enredo. Achei a leitura cansativa e digo cansativa porque nada fez com que eu quisesse realmente saber o que aconteceria nos próximos capitulos. Mesmo o livro sendo curtinho demorei muito para ler, não senti vontade de continuar a história e muitas vezes pensei em desistir da leitura. 

Não me apeguei a história nem aos personagens e acabei não curtindo a leitura. A proposta da autora foi boa e poderia dar certo se ela tivesse desenvolvido mais algumas características de Ruby e sua família. Talvez garotas mais novas gostem da abordagem que Siobhan criou, uma pena que eu não tenha aproveitado.

"- Visita para você.
As feições começam a se revelar nas minhas mãos. Apenas preciso distinguir o vão entre os dentes para saber quem é. Meu pai."
pág. 17

3 comentários:

  1. mais uma resenha negativa... só me resta um fio de esperança quanto a gostar dessa história. Acho que vai ser um dos próximos pra ver se vou achar tão sem sal... :/

    ResponderExcluir
  2. Esse livro nunca aguçou minha curiosidade, depois da resenha então... :/ hhehe. Tô meio velha para esse tipo de história. :P

    ResponderExcluir
  3. Acho que ainda não vi uma resenha falando bem do livro
    mas ele ainda desperta a minha curiosidade quero lê-lo

    ResponderExcluir

• Escreva um comentário e deixe uma blogueira muito feliz!

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul editado por Anderson Vidal