23 de ago de 2012

Por isso a gente acabou - Daniel Handler

Editora: Companhia das Letras
Páginas: 376

Por isso a gente acabou trata, com a comicidade típica do autor, de uma situação difícil pela qual todos um dia irão passar: o fim de uma relação amorosa e toda a angústia, tristeza e incerteza que essa vivência pode gerar. Min Green e Ed Slarteron estudam na mesma escola e, depois de apenas algumas semanas de convívio intenso e apaixonado, acabam o namoro. Depois de sofrer muito, Min resolve, como marco da ruptura definitiva, entregar ao garoto uma caixa repleta de objetos significativos para o casal junto com uma carta falando sobre cada um desses objetos e do episódio que ele representou, sempre acrescentando, ao final, uma nova razão para o rompimento. Essa carta é o texto de Por isso a gente acabou, que é, assim, carregado de um tom informal e tragicômico - características da personagem - e traduz com um misto de simplicidade e profundidade a história de uma separação. Imerso neste universo adolescente, o leitor conhecerá a divertida personalidade de Min, uma garota apaixonada por filmes cujo sonho é ser diretora de cinema, e as idas e vindas deste romance, desde o dia em que os dois conversaram pela primeira vez até o instante em que tudo acabou. A artista Maira Kalman, autora de diversas capas da revista The New Yorker, ilustrou cada um dos objetos da narrativa, trazendo cor e descontração a esta história dolorida.


Min Green e Ed Slaterton são pessoas completamente diferentes mas que por ironia dos destino acabaram tendo seus caminhos cruzados. Apaixonaram-se e ficaram um tempo juntos, porém esse relacionamento não teve futuro. Magoada, Min Green decide "despejar" todas a verdades sobre o término com Ed e põe na porta da casa do moço uma carta e uma caixa repleta de objetos que representaram algo no namoro dos dois, explicando o real motivo (através dos objetos) do porque eles terminaram.

O livro em si é a carta (bem grandinha por sinal) que ela escreve para o ex-namorado, contando detalhes dos momentos que passaram juntos, apontando o que ela gostou e não gostou. Em cada capítulo há a ilustração do objeto que ela descreve.

Min Green é uma garota bem diferente e sinceramente não gostei dela. Achei ela irritante diversas vezes, principalmente quando ela não parava de fazer comentários sobre filmes antigos e o que cada personagem desses filme dizia ou agia. Isso me irritou DEMAIS e quase me fez desistir do livro. Também não gostei muito da personalidade dela... Ed também não está muito longe disso, o cara muitas vezes possui atitudes completamente idiotas e se acha "a última bolacha do pacote" se é que me entendem.

Eu sinceramente fico muito triste em ter que dizer isso, mas esse livro foi a maior decepção literária que tive atualmente. Digo decepção pois eu esperava muito dele! Eu pensava que seria algo diferente, algo bom. Mas o único ponto que realmente gostei foram as ilustrações. A história em si não me agradou nem um pouco.

Achei a narrativa monótona e o enredo muito previsível. (Ainda não consigo entender como um ser-humano normal consegue escrever uma carta de 376 páginas durante o trajeto, DE CAMINHÃO, da casa dela até a casa do namorado #desabafo) Eu não curti a proposta do autor e coloquei expectativa demais em algo que não tinha nada a ver comigo. Se quiserem arriscar (como a Min fez com o Ed), desejo-lhes boa sorte.


"You either have the feeling or you don't" Por isso a gente acabou

6 comentários:

  1. Provavelmente vão querer te matar mesmo. Primeira resenha negativa que leio, todo mundo está amando! Mas é isso mesmo, né? Com livro é: Alguns amam, outros odeiam.

    Mesmo com essa mancha na reputação do livro (haha), ainda pretendo ler algum dia (quando ficar mais barato!) ;___;

    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  2. Nosssssa! Sério que não gostou? =(
    Você não é a primeira pessoa que falou mal do livro, mas ainda assim tenho muita vontade, principalmente por ser um Romance! *-*
    Quando foi lançado e os blogues parceiros receberam, fiquei super encantada,mas o livro é muito caro =/
    Odeio personagens chatas, nossssssss! =~~

    Mas é sempre bom achar opiniões diferentes sobre os livros.

    Beeeeijos
    Milena -http://divertletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Ah, eu quero muito ler esse livro!! Parece ser muito legal! Tá até como desejado no Skoob kkk =)

    ResponderExcluir
  4. Não gostei muito dessa leitura também. Todo mundo cheio de MIMIMI! Me deu nos nervos. Argh.

    ResponderExcluir
  5. É meio q ridículo escrever uma carta para o namorado de 376 páginas no caminhão mas bem em livros tudo é possível.E nem todos suprem nossas espectativas

    ResponderExcluir
  6. ahhhhh que pena que você não gostou do livro, eu gostaria de ler o livro somente por causa do autor de quem eu sou fã. e não sei se quero ler esse livro, tô muito divida.

    ResponderExcluir

• Escreva um comentário e deixe uma blogueira muito feliz!

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul editado por Anderson Vidal