19 de set de 2012

@mor - Daniel Glattauer

Editora: Suma de Letras
Páginas: 184


Num e-mail enviado por engano, começa um relacionamento virtual que testa as convicções de Leo Leike e Emmi Rothner. Leo Leike, ainda digerindo o fracasso de seu último relacionamento, responde de forma espirituosa a duas mensagens enviadas por engano por Emmi Rothner, casada. Depois, inclui Leo por engano entre os destinatários de um e-mail de boas festas. Na terceira troca de e-mails, o mal-entendido dá lugar à atração mútua, reforçada pelo fato de um nunca ter visto o outro. Nada como a curiosidade instigada por frases bem encadeadas chegando a intervalos regulares numa caixa postal eletrônica para que os dois se esqueçam dos possíveis impedimentos. A cada dia, Leo e Emmi se sentem mais impelidos a marcarem um encontro. O único obstáculo real é a insegurança de ambos quanto à transformação da fantasia em realidade. 


Emmi Rothner só queria cancelar a assinatura de uma revista, nos seus planos não estava conhecer Leo. Mas o destino prega peças nas pessoas e durante trocas de e-mails errados e confusos Emmi se vê enlaçada em uma "amizade virtual" muito diferente.

Eles começam a se sentir próximos um do outro, passam horas conversando pela internet e acabam esquecendo o mundo "real" para viver em um mundo criado pela imaginação dos dois. O problema é que Leo possui uma relação complicada com sua ex e Emmi...bom...Emmi é casada.

A vontade de se conhecerem pessoalmente aumenta a cada dia. Eles querem mais do que simples palavras digitadas na tela de um computador, eles querem sentir o perfume um do outro e enxergar o sorriso da pessoa que aprenderam a admirar sem ao menos conhecer. Mas será que vale a pena arriscar-se à conhecer alguém que pode não atingir suas expectativas? E se Leo e Emmi descobrirem que a imagem que criaram um do outro é apenas fruto de suas mentes confusas? 

Essa questão é muito abordada durante todo o livro: o fato de poderem se arrepender de suas decisões. Os dois tem muito medo de se conhecerem e acabarem arrependidos. Emmi se sente atraída por Leo, mas não quer trair seu marido. Leo se sente atraído por Emmi, mas não consegue esquecer seu passado. Eles estão perdidos em meio a tudo isso, e tentam a todo tempo reconhecer os sentimentos que possuem de verdade um pelo outro.

O livro é bem levinho, uma leitura agradável e muitas vezes engraçada (os personagens são bem cômicos). Me diverti bastante lendo @mor. A narrativa em e-mails é muito bacana, eu já havia lido um livro escrito dessa forma e gostei, com este não foi diferente.

Porém, mesmo sendo uma leitura legal não achei surpreendente. O final me decepcionou bastante, fiquei chocada, depois triste e, logo em seguida, irritada. Aparentemente o livro tem continuação, mas ainda não sei se vale a pena comprar para ler.

"Escrever é como beijar, só que sem os lábios. Escrever é beijar com a cabeça." @mor

6 comentários:

  1. Adorei a resenha.

    Acabei de ler @mor ontem, era um livro que eu tava sempre adiando lê-lo pois não achei que iria gosta. Mais acabei gostando bastante.

    Mais o final me deixo desolada não esperava que o final acabasse daquele jeito...agora so espera pela continuação. :)

    Bjus

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha Andresa! Já li @mor e amei! Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela resenha Andresa! Conseguiste me deixar intrigada sobre este livro.
    Ainda não o conhecia... Quer dizer, já o conhecia de vista, apenas. No entanto ao descobrir um pouco mais de seu enredo me encantei! Porém fiquei receosa sobre o final. Ai, foi um turbilhão de sentimentos! Mas com toda a certeza tu despertaste a minha curiosidade.
    Jamais tinha imaginado que essa história iniciaria-se dessa maneira, o que é muito agradável, pois sai da mesmice. Mas fiquei encucada com o final... O que será que acontece? Creio que terei que ler para descobrir. ;)

    Beijos,
    Samy Aquino
    http://samyaquino.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Andresa!
    @mor é mesmo muito amor, não? #piadainfame
    Confesso que também me diverti bastante lendo essa história tão bonitinha. Ri tanto! Acho que nunca tinha rido tanto com um livro... rs

    Agora, como livro é questão de percepção, vou discordar de ti: achei surpreendente, sim! Em todo momento eu tive incerteza sobre o fim dos dois, sabe? E quele final me assustou, deixou nervosa e foi uma baita surpresa! O_o' Ainda estou meio revoltada, embora a Emmi tenha merecido... hehe

    Espero ANSIOSA pela continuação de @mor! ♥

    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  5. Com a tua resenha até deu vontade de ler novamente esse livro e dar uma segunda chance, porque eu não gostei não! :/ Adorei a resenha! :)

    ResponderExcluir
  6. Acho que não me atreveria a comprar apesar de gostar de finais tristes.Talvez um dia quem sabe eu dê uma chance.

    ResponderExcluir

• Escreva um comentário e deixe uma blogueira muito feliz!

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul editado por Anderson Vidal