30 de mar de 2013

Anjo Amador - Karri Thompson

Editora: Jangada
Páginas: 256

Com apenas 18 anos, Ashley não é uma adolescente comum. Ela não apenas está morta, como, depois de sua morte, entrou por engano na fila errada - uma fila destinada a anjos da guarda treinados, prestes a iniciar a sua missão na Terra. Com um par de asas nas costas, ela é enviada para Los Angeles com a tarefa de substituir um anjo cuja "missão" era proteger ninguém menos do que o sexy roqueiro Cannon Michaels, líder da banda Sendher, o maior ídolo de Ashley. Enquanto tenta compreender o comportamento de Cannon, um jovem mimado e imprudente, com um estilo de vida totalmente "rock and roll", Ashley está longe de satisfazer os requisitos de um verdadeiro anjo da guarda. Ela sente falta da família e dos amigos, tem dificuldade para aceitar a própria morte, e acaba pondo em risco a sua missão como anjo e a própria vida de Cannon ao se apaixonar perdidamente por ele.


Sou apaixonada pela capa desse livro, tem tudo a ver com a história e a ilustração é linda! Foi justamente ela que me fez iniciar a leitura logo. Assim que comecei a leitura senti que seria um livro bem leve, porém aos poucos notei que era pior que isso, era um livro totalmente parado!

Karri Thompson narra a história de Ashley, uma garota adolescente que morre em um acidente de carro. Ashley é levada ao céu e ao chegar lá, sem receber nenhuma orientação, acaba entrando na fila errada e se transforma em anjo da guarda. O problema é que para se ter essa missão na Terra é necessário ser uma "alma velha" e Ashley não passou por nenhum treinamento.

A garota, totalmente desnorteada, fica ainda mais paranoica quando percebe que terá que cuidar do seu astro de rock, o link Cannon Michaels. Cannon precisa de um super anjo, pois é um homem imprudente e muito mimado... e Ashley mal sabe voar!

Ashley sente muita falta de sua antiga vida, da família e dos amigos. Sente-se frustrada por não parecer tão celestial como os outros anjos que encontra por aí, mas o pior, ela se apaixona por seu protegido e isso, para um anjo da guarda, nunca NUNCA pode acontecer.

Durante toda a leitura esperei que algo relevante ocorresse, mas nada aconteceu. O livro, relativamente pequeno, se tornou cansativo por conta do enredo muito "lento". Só houve ação de verdade no final do livro e mesmo assim foram fatos previsíveis.

A história é muito fraca! Ao invés de ter sido um livro sobre os anjos em si, se tornou um livro sobre a vida de Cannon, uma estrela frustrada e mal-humorada. Algumas cenas até foram divertidas, mas a maioria não me convenceu. Sinceramente, não sei se quero acompanhar essa trilogia, provavelmente não. Mas caso acompanhe, espero que Karri note os erros que cometeu e concerte-os, trazendo para seus leitores uma história com ação, reviravoltas e um amor mais convincente.

3 comentários:

  1. Acho a capa desse livro tão fofa! Estava curiosa pra ler o livro, mas fiquei com um pé atrás depois que li sua resenha.
    Ah, tô seguindo o blog!

    Um beijo, Karine Braschi.
    Geek de Batom .

    ResponderExcluir
  2. Oi, Andresa!
    Chato quando nem um pouquinho das nossas expectativas em relação à um livro são supridas, né? O que podia ser uma leitura agradável acaba sendo uma verdadeira tortura. :(

    Realmente parece que poderia ter sido uma boa história, até mesmo por essa confusão no comecinho logo. rs

    Pena que não funcionou, né?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Pela sinopse parece um livro tão legal e divertido, mas que pena que pelo jeito não é nada disso. É tão ruim quando começamos a ler um livro pensando que a leitura vai ser boa e nos decepcionamos. Queria lê-lo, mas depois de ver tantos comentários negativos já desanimei.Bjos

    ResponderExcluir

• Escreva um comentário e deixe uma blogueira muito feliz!

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul editado por Anderson Vidal