16 de jul de 2012

Amante da Fantasia - Sherrilyn Kenyon

Editora: Novo Século
Páginas: 336
Resenhado por: Alessandra M. M. Rodrigues
+18 anos
Ficar preso em um quarto com uma mulher é algo formidável. Ficar preso em centenas de quartos durante mais de dois mil anos não é. E ser amaldiçoado dentro de um livro como um escravo sexual pela eternidade pode arruinar até mesmo o dia de um guerreiro espartano. Como escravo sexual, eu sabia tudo a respeito das mulheres. Como tocá-las, como saboreá-las e, principalmente, como satisfazê-las. Porém, quando fui evocado para realizar as fantasias sexuais de Grace Alexander, encontrei a primeira mulher na história que me enxergou como um homem com um passado atormentado. Ela me ensinou a amar outra vez. Mas eu não nasci para conhecer o amor. Fui condenado a uma solidão eterna. Como general, eu tinha aceitado minha sentença havia muito tempo. Porém, agora encontrei Grace... a única coisa sem a qual meu coração ferido não é capaz de sobreviver.


Fiquei muito curiosa em relação a esse livro porque descobri ele através de uma fanfic (histórias escritas por fãs) de crepúsculo. E como muitas vezes são adaptações fui atrás para saber se era mesmo um livro ou era apenas mais uma fanfic. Quando descobri que era realmente um livro e fiquei louca para ler!

Grace Alexander é uma mulher com o corpo fora dos "padrões de beleza", mas nem por isso deixa de ser encantadoramente bonita. Ela é uma psicóloga sexual de 29 anos, que tem a própria vida sexual bem parada! Principalmente por conta de acontecimentos e traumas passados.

Isso não passa despercebido por sua amiga Selena, uma taróloga, que diz que Grace precisa urgentemente de sexo. Então, quando Selena passava por uma livraria antiga encontra, coberto de poeira, o livro perfeito para a amiga e decide levá-lo.

Ao abrir o livro Grace se depara com o homem mais lindo que já viu em toda a sua vida, considerado um deus grego a seus olhos. Mas ela não entendia o que aquela foto significava. Grace resolve procurar Selena, que explica que aquela foto é na verdade a solução de seus problemas, pois ele é Julian um escravo sexual, comandado por quem o evocar. Porém para Grace é apenas uma foto em um livro e decidi esquecer o assunto, afinal um homem daquele nunca se interessaria por ela.

Grace não espera que em seu aniversário uma brincadeira com sua amiga daria certo e ela acaba evocando o escravo sexual. Agora parado em sua sala há um homem, e ela tem certeza que era ele o tal Julian da Macedônia.

Julian é amaldiçoado como escravo sexual preso em um livro desde 149 a.C. Sempre quando evocado Julian nunca era descartado, mas com Grace foi diferente, ela foi a primeira mulher a não cair em suas graças e em vez de usar e abusar de seu corpo ela quis saber sobre seu passado atormentado e o mais extraordinário, querer ajudá-lo a se libertar desta maldição, deixando-o fascinado e a desejando cada vez mais.

Mas Grace não quer se machucar mais uma vez e faz de tudo para que nada acontece entre os dois. O que Julian não sabe é que isso pode ajudá-lo...

O enredo e a narrativa fizeram com que eu me apaixonasse por esse livro. Grace me cativou do começo ao fim, sua personalidade e determinação para com Julian é fantástica. E aliás, quem resistiria a um homem deste em casa sem fazer nada?! O jeito que Julian mostra à ela como é linda, que suas curvas são maravilhosas e deixam qualquer homem louco é muito bacana. Amei a química entre os dois. É uma ótima leitura!


“Aproximando o rosto de seu ouvido, ele acariciou o seu pescoço.
- Vou amá-la para sempre – sussurrou.
Grace escutou-o inspirar profundamente junto aos seus cabelos, ao mesmo tempo em que o relógio soava meia-noite.”
Pag. 309

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este talvez não seria um dos livros que iria me encantar, mas depois desta resenha, que achei muito bem feita, fiquei com muita vontade de ler o livro. E também não pareceu ser um livro de série.
    um abraço
    Gisela - Ler para Divertir

    ResponderExcluir

• Escreva um comentário e deixe uma blogueira muito feliz!

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul editado por Anderson Vidal