26 de jul de 2013

Azar o Seu! - Carol Sabar

Editora: Jangada
Páginas: 368

Bia está parada num engarrafamento no Rio de Janeiro, pensando em sua vida azarada. Sem emprego, atolada em dívidas, ela não imagina que está prestes a viver a grande coincidência da sua vida. O motorista do carro ao lado está buzinando, tentando se comunicar com ela, como se fosse um velho conhecido... E ele é! Mas Bia não o reconhece. E como poderia? Ele é um homem, não mais o garoto de dez anos atrás. Está mais encorpado, cortou o cabelo, livrou-se do aparelho nos dentes e das espinhas do rosto, está tão diferente, tão lindo... O motorista sai do carro, mas não tem tempo de se explicar, pois começa um violento tiroteio e eles têm que se jogar lado a lado no asfalto. Certa de que está prestes a morrer, Bia entra em desespero e se prepara para dizer suas últimas palavras, na esperança de que o suposto desconhecido deitado ao seu lado possa levar um recado a Guga, seu amor da adolescência, sem perceber que é ele próprio que está ali, ouvindo a inesperada declaração de amor! Os dois escapam juntos do tiroteio e, a partir daí, começam a se envolver, dia após dia... Guga, sem coragem de assumir sua verdadeira identidade. Bia, fascinada por ele e feliz consigo mesma por finalmente estar se apaixonando por alguém que não é Guga... 


Muitas pessoas consideram o “chick-lit” um gênero superficial, mas me pergunto, como um livro que me envolve tanto, que me faz sentir como se estivesse na pele da própria personagem e que, no fim, trás uma boa lição, pode ser considerado superficial? Eu sou fã do gênero e depois da leitura de Azar o Seu, me tornei fã também da Carol Sabar!

O livro narra a história de Bia, uma garota que se auto-intitula como azarada, desempregada e encalhada. Bia tem 25 anos e sente que há algo nela que atraí confusão, e realmente confusão é algo muito corriqueiro na vida da personagem. Durante um engarrafamento em uma famosa avenida do Rio de Janeiro, com uma sede imensa e se auto-mutilando por ser uma garota tão anormal, Bia nota que o cara do carro ao lado está tentando chamar sua atenção, a moça logo pensa que é algum engraçadinho paquerador, mas nota que ele age como se a conhecesse...

Como a vida de Bia é desastre na certa, um tiroteio se inicia no local onde está! Desesperada, ela se joga no asfalto juntamente com o “estranho” do carro ao lado e, em meio ao fogo dos revólveres que os cercam e ao pânico alojado em seu peito, Bia “despeja” o seu maior segredo para o “estranho” (que ela começa a achar ser um Amparador Espiritual, que está lá para levá-la à outro mundo, já que pensa estar morta). Ela conta que é e sempre será apaixonada por seu melhor amigo de infância/adolescência, o Guga, e que precisa saber como ele está antes de morrer, que só se permite morrer sabendo sobre sua situação.

Porém, ela não imagina que o amor da sua vida está bem ao seu lado, ouvindo todos seus segredos e que, depois de 10 anos sem o ver ele está completamente diferente! Guga decide não contar a ela sobre sua verdadeira identidade quando percebe que ela não o reconheceu... E Bia, bom... ela está alucinada por acreditar que finalmente está se apaixonando por alguém que não seja o Gustavo Vitorazzi.

Terminei a leitura de Azar o Seu me sentindo completamente órfã, sentindo um desejo gritante de poder ler tudo novamente, ou melhor, ler a continuação daquele enredo. Eu queria poder saber mais e, de certa forma, não estava preparada para dizer tchau para aqueles personagens tão encantadores!

Pude me identificar com a Bia em diversos aspectos, a personagem foi muito bem construída! Diferente de muitas personagens, ela tem problemas reais e não fúteis, e luta para solucioná-los. Mas o prêmio com certeza vai para o Guga... Ele é lindo, atencioso, inteligente, mas o que mais me fascinou foi sua personalidade. Gustavo Vitorazzi é o tipo de pessoa que todos iriam querer ter sempre por perto (não é a toa que eu não queria largar o livro, haha)!

Claro que a trama não aborda apenas a relação do casal, trata também sobre a maturidade, conflitos de amizade, problemas familiares e profissionais. Conhecemos personagens muito encantadores, como o pai da Bia e a Raissa, irmã de Guga. Azar o Seu é um livro que faz rir, mas que também faz suspirar, torcer, viver e sonhar junto com as pessoas que vivem naquela história. No fim me senti fazendo parte de tudo aquilo e sei que, de alguma forma, eu fiz!

"Você precisa saber que é a garota por quem me apaixonei duas vezes. A primeira e a última. A única. Eu me apaixonei por você, Bia. Eu estou apaixonado." Pág. 168

9 comentários:

  1. A cada nova resenha que leio sobre esse livro, fico cada vez mais curiosa. Esse livro, já está nos meus desejados. E será uma das minhas próximas leituras, só falta chegar. hehe Nem li o livro já tô tendo uma paixonite por Guga! :x

    ResponderExcluir
  2. Lembro da nossa conversa no twitter sobre esse livro!!!
    Você termina sem estar preparado para o Adeus...rs.
    É um ótimo livro e como você bem disse a Bia tem problemas reais e não probleminhas bobos que vemos sempre nos livros. E o Guga é o mais fofo ever!!

    Ótima resenha, Beijos.
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu sou fã da Carol desde "Como quase namorei Robert Pattinson" que é sem duvida meu livro preferido por seus personagens incríveis e sua história perfeitamente bem pensada, devorei o livro e não vejo a hora de comprar "Azar o seu"
    www.nicolecorreaa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. adorei a resenha! Tô louca pra ler esse livro rs
    parece tão fofo e engraçado e eu tb sou azarada. Todo mundo só fala bem dele, então acho que eu tenho que ler mesmo
    bjs
    felicidadeinventada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. ola Andresa como vai estou aqui para elogiar sua resenha parabéns e bem detalhada e bem explicada
    livroazuis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha, Desa. Fiquei bem ansiosa para ler esse livro... apesar de né, tu sabe! =P UHASUHUAS.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Adoroooo os livros da Carol .. já li Como quase namorei Robert Pattinson e ameeei ^^ já comprei o meu logo logo começarei a ler vou furar a fila da pilha de livros e ler ele primeiro ^^

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Essa resenha só me fez ter vontade de ler o livro! Preciso!! Parece ser mt bom.. Adorei a resenha, bjs

    ResponderExcluir
  9. Oh meu Deus... Preciso muito desse livro! Minha lista só aumenta. Essa última frase (trecho do livro) do post ganhou o meu coração. Conheci o blog hoje e estou encantada por ele *o*

    Beijos

    ResponderExcluir

• Escreva um comentário e deixe uma blogueira muito feliz!

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul editado por Anderson Vidal