23 de out de 2013

Os Náufragos - Elin Hilderbrand

Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 448

Quando o professor de música Greg MacAvoy passa uma chuvosa noite de domingo com uma bela aluna do último ano do ensino médio, os boatos se espalham na cidade. Os comentários desgastam o casamento de Greg, e sua mulher, Tess, se divide entre o amor pelo marido e um segredo só seu. Com a chegada do aniversário de casamento, porém, os MacAvoy saem no veleiro para comemorar, na esperança de que a tormenta tenha ficado para trás. Em vez disso, chega uma notícia trágica: Greg e Tess se afogaram misteriosamente. O que terá acontecido com o casal?







Os Náufragos é um livro diferente da maioria dos outros que já li, ao iniciar a leitura pensei que seria um romance, mas a proposta do livro logo se mostrou diferente. Então, pensei que a autora abordaria o mistério que envolve a morte do casal central do enredo, e também notei que não se tratava disso. Cheguei a conclusão de que Os Náufragos é um livro que, antes de mais nada, fala sobre as relações sociais, sobre princípios e histórias.

Três famílias muito amigas, e que possuem histórias que se cruzam umas com as outras, sofrem com a perda de um casal muito querido: Tess e Greg. Os dois morreram durante uma viagem de iate, em comemoração ao aniversário de casamento. Os dois estavam sozinhos no barco e a  causa da morte é uma incógnita para todos. Greg e Tess deixaram dois filhos e diversos corações tristes e confusos com a situação inesperada.

Durante as investigações há a suspeita de que, mais que um simples acidente, o caso começa a ser considerado como um possível assassinato... Cada personagem pensa em algo que poderia ter sido o motivo da causa, entretanto, cada um deles guarda um segredo e é nisso gira o enredo do livro, todos eles escondem algo de alguém, possuem conflitos, sentem raiva, ciúmes e paixão um pelos outros. É um dos grupos de amigos mais peculiares dentre todas as histórias que li.

O livro é composto por pequenos capítulos que abordam o ponto de vista de cada um dos personagens principais da história (um total de seis personagens). A narrativa da autora é repleta de detalhes e “flashbacks”, que eram necessários para o contexto do livro, mas que fizeram a leitura se tornar um pouco mais arrastada.

Os Náufragos garante uma leitura prazerosa, calma e que trata sobre assuntos que cercam nosso dia a dia, como: amizade, amor, traição, fidelidade, etc. Certamente você irá se perder na história de vida de cada um dos personagens, irá se emocionar e se lembrará deles. É uma história madura e realística sobre o poder do passado e a dura realidade do presente.

"Os Náufragos porque permaneceram na ilha e fizeram dela seu lar. Encontraram uns aos outros." Pág. 49

9 comentários:

  1. Super interessante. Ainda não tinha ouvido falar sobre esse livro. Fiquei com vontade de ler!

    Adorei a resenha (e o blog, que não conhecia). Parabéns!

    Beijos.
    www.naomeentendamal.com.br

    ResponderExcluir
  2. Gentee,

    Adorei a abordagem do livro. Eu fazia uma ideia por cima do que se tratava, mas não sabia que era assim. Deve ser ótimo imaginar as causas do "desaparecimento" por vários pontos de vista distintos e, pelo que você escreveu, os personagens me parecem bem construídos.
    Com certeza é um livro que eu leria!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Acidente" no lugar de "desaparecimento" haha Achei que eles tinham sumido, mas, pelo visto, morreram mesmo.

      Excluir
  3. Eu adorei esse livro, até comprei outro livro da autora. Acho que a escrita dela é envolvente e a leitura flui perfeitamente.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Eu não conhecia o livro. Mas apesar de ter gostado da resenha, não me interessei muito por ele. Acho que não leria.

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Muita vontade de ler!!!!

    ResponderExcluir
  6. Já li outras resenhas desse livro e confesso que ele chamou bastante a minha atenção. É diferente de tudo que estou acostumado a ler. Não curti muito essa capa, mais como o que importa é o conteúdo, acho que daria uma chance.

    ResponderExcluir
  7. Ultimamente, estou tentando focar a leitura em livros não seriados, e essa resenha foi muito convidativa. Vou adicioná-lo à minha lista de "vou ler" haha (:

    O blog está lindo, parabéns! *-*

    ResponderExcluir
  8. Estou lendo! ^.^
    A capa, ao vivo e em cores, é linda demais! #Incrível! Volta-e-meia, quando não estou lendo o livro, fico namorando a capa dele... :$ hahaha!
    Tô apreciando a leitura, mas também concordo sobre os "flashbacks". Passei por um de Delilah, da adolescência dela... Porém quer-queira-quer-não acrescenta na história, dá para fazer o comparativo do antes/depois, do amadurecimento... ou da falta desse... hahaha!
    Enfim estou adorando desvendar os segredos "dos náufragos"! =)

    ResponderExcluir

• Escreva um comentário e deixe uma blogueira muito feliz!

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul editado por Anderson Vidal