16 de dez de 2013

Em casa para o natal - Cally Taylor

Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 350

Ela tem a vida quase perfeita. Seu único desgosto é nunca ter ouvido as três palavras mágicas: eu amo você. Em casa para o Natal, une com maestria romance e comédia, mas, desta vez, com uma diferença: na época mais especial do ano, o Natal. Beth Prince sempre adorou contos de fadas e acredita que está prestes a viver um final feliz: tem o emprego dos sonhos em um charmoso cinema independente e um namorado maravilhoso chamado Aiden. Ela faz parte de um grupo privilegiado de pessoas que trabalha com o que ama, e o entusiasmo pelos filmes intensifica a busca por seu próprio “felizes para sempre”. Só há um problema: nenhum homem jamais declarou seu amor por ela. E, apesar de acreditar que Aiden é o príncipe encantado, a protagonista desconfia de que ele tem medo de dizer “eu amo você”. Desesperada para escutar essas palavras mágicas pela primeira vez, ela resolve assumir as rédeas do destino — e acaba se arrependendo.


Em casa para o natal é um daqueles livros que dificilmente encontraremos alguém que não goste. Ele me fisgou logo nas primeiras páginas e, mesmo com a correria das provas finais e dos cursos, eu não queria largar até que terminasse! É uma história fofa, romântica, engraçada e reflexiva.

Eu amo o Natal, é a época mais bonita do ano, em minha opinião. As casas ficam iluminadas quando enfeitadas com um milhão de pisca-piscas, podemos colocar uma árvore no meio da sala, e todo mundo vive em um clima mais acolhedor... É uma pena que aqui no Brasil não tenha a parte da neve, rs. Seria muito legal!

Neste livro conhecemos Beth Prince, uma garota simples e realizada com a vida que tem. Sua rotina se resume ao emprego em um cinema independente, onde podeo passar a maior parte do dia cercada pelos filmes que tanto adora, e um namorado bonitão que qualquer uma gostaria de ter. Entretanto, mesmo feliz com o que possuí, Beth sente remorso por ser uma das poucas mulheres que conhece que ainda não havia ouvido um tão sonhado "eu te amo" de alguém especial.

Como é de costume nos livros do gênero, a vida da personagem muda de uma hora para outra, e tudo o que parecia ser um sonho começa a ser questionado. Tudo muda na vida da querida Beth, do âmbito pessoal ao âmbito profissional. Sua vida parece estar no meio de um furacão, e ela procura uma fresta em meio a loucura para conseguir escapar de tudo com a mesma felicidade que tinha antes.

A escrita de Cally Taylor é uma das mais deliciosas que já tive o prazer de conhecer. Além de ter me divertido demais, me emocionei e senti o que Beth sentia em diversas situações, sejam elas boas ou ruins. A construção das personagens também foi muito bem elaborada, o que contribuiu para que a história fosse ainda melhor.

Amei cada detalhe deste livro, desde a capa até toda a história. Tudo me encantou e envolveu de uma forma fascinante. A minha única ressalva é quanto ao final, pois achei que ficou muito subentendido, poderia ter sido mais desenvolvido. Mas apesar desse detalhe, recomendo Em casa para o natal para todos os amantes de bons romances, amantes natalinos e amantes da vida! É ótimo!

"Não queria que Beth pensasse que eu era um babaca. Não queria que ninguém pensasse isso." (Em casa para o natal)

2 comentários:

  1. Esse livro parece ser uma graça. Também adoro a época do Natal, acho tudo tão maravilhoso. Fiquei com vontade de ler, um romance fofo e leve sempre é bem vindo.
    A capa é lindinha demais, adorei!
    Beijos!

    http://temponaoperdido.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. Oie!

    Já estava curiosa por causa da premissa e a sua resenha só aumentou o meu interesse.

    Bj!

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

• Escreva um comentário e deixe uma blogueira muito feliz!

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul editado por Anderson Vidal