26 de mar de 2014

Azul da cor do mar - Marina Carvalho

Editora: Novo Conceito
Páginas: 334

ACASO, DESTINO ou LOUCURA? No caso de Rafaela, Pode ser tudo isso junto. Para alguém como ela, nada é impossível. Rafaela sonha desde a adolescência com o garoto que viu uma vez, perto do mar, carregando uma mochila xadrez... A idéia fixa não a impediu, porém, de ser uma menina alegre e muito decidida. Ela quer ser jornalista, e seu sonho está se concretizando: Rafaela Vilas Boas (um nome tão imponente para alguém tão desajeitado) conseguiu um estágio no melhor jornal de Minas Gerais. Mas, como estamos falando de Rafa, alguma coisa tinha que dar errado. O jornal é mesmo incrível, mas seu colega de trabalho, Bernardo, não é a pessoa mais simpática do Mundo. Em meio a reportagens arriscadas – e alguns tropeços -, Bernardo acaba percebendo, contra a sua vontade, que Rafaela leva jeito para a coisa... E que eles formam uma dupla de tirar o fôlego. Mas e a mochila? E o garoto, o envelope, as cartas? Um dia a estabanada Rafaela vai ter que se libertar dessa obsessão. 


Quem já leu Simplesmente Ana sabe que a escrita da Marina Carvalho é uma das coisas mais gostosas desse Brasil. É possível viajar no tempo e nem perceber as horas passarem quando se está lendo algo escrito por essa mineira. Eu não tinha dúvidas de que Azul da cor do mar seria um livro tão bom quanto o livro anterior e, sinceramente, não sei qual deles é meu favorito.

Diferente de Ana, que é uma princesa, a protagonista deste é uma garota bem comum: Rafaela é estudante de Jornalismo e conquistou um ótimo estágio em um grande jornal de Minas Gerais. A oportunidade parecia perfeita e muitas pessoas gostariam de estar no lugar dela, mas Rafa não esperava que teria que trabalhar ao lado de um cara que a detesta.

Quando não está trabalhando, estudando ou paquerando, Rafaela escreve sobre o menino da mochila xadrez, um jovem que conheceu há anos na praia e que nunca conseguiu apagar da memória. A garota sonha em um dia poder encontrá-lo e conseguir desvendar os mistérios por trás de seus olhos azuis.

Li Azul da cor do mar em tempo recorde, a leitura é super fluída e empolgante. Entretanto, achei o enredo muito previsível, eu não consegui me surpreender com nenhum acontecimento, pois de cara entendia o que a autora faria com os personagens ou como abordaria alguma situação. Este fato não fez com que o livro se tornasse ruim, longe disso, a história é muito boa!

Diversas vezes me identifiquei com a Rafaela, primeiramente pelo fato de que ela estuda Jornalismo, além de alguns traços de sua personalidade que eram parecidos com os meus (e acredito que com o de várias pessoas), e isso o livro acabei me sentindo bem mais próxima dela, como se a conhecesse.

Dei cinco estrelas sem medo, essa leitura me proporcionou momentos deliciosos de descontração, risadas, suspiros e leveza, apenas por isso o livro merece nota máxima! Estou mega ansiosa pela leitura da continuação de Simplesmente Ana e por outras publicações desta autora nacional que está conquistando o coração e as prateleiras de centenas de jovens leitores. Recomendo!

"Se tratando daquele ser volúvel travestido de Clark Kent, sem os óculos e o cabelo preto, eu só esperava o pior." Pág. 59

3 comentários:

  1. Oi Andressa, o livro parece realmente lindo, espero em breve tê-lo em mão.
    Beijinhos
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu to enrolando uma vida para ler esse livro porque não gostei de Simplesmente Ana, então a impressão que fico é que não vou gostar muito desse também. As resenhas, assim como a sua, são positivas, mas li uma negativa de alguém que tem o gosto parecido com o meu e não sei, acho que não vou gostar também.

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
  3. Azul da cor do mar foi o primeiro que li da autora e me impressionou de uma maneira incrível!
    Adorei a história, os personagens, tudo. A leitura fluir tão bem que nem me liguei se estava sendo algo previsível ou não, pois acredito que o que mais vale neste livro é o encanto que ele transmite!
    Sem falar nas partes divertidas. Engraçado que eu também me identifique, em algumas partes, com a Rafa e olha que nem faço jornalismo rsrsrs
    Beijosss
    Samantha Artes e Books

    ResponderExcluir

• Escreva um comentário e deixe uma blogueira muito feliz!

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul editado por Anderson Vidal