30 de jun de 2014

Entre o agora e o nunca - J. A. Redmerski

Editora: Suma de Letras
Páginas: 368

Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino. Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois. Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre O Agora e O Nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade.


Camryn Bennett era feliz até uma série de situações aparecem para desmoronar sua vida. Seu namorado Ian morre em um acidente de trânsito, seu irmão é preso e sua melhor amiga, a única pessoa capaz de ainda fazê-la feliz, vira as costas quando descobre que seu namorado está apaixonado por Camryn.

Decidida a alterar o rumo de sua vida, Cam e uma pequena mochila embarcam em um ônibus sem destino. Ela pensa que será apenas uma viagem para esvaziar a mente e encontrar a felicidade novamente, portanto, não esperava conhecer a pessoa capaz de mudar toda a sua história dali em diante.

Andrew Parrish é um jovem misterioso e extremamente atraente. Camryn percebe que há algo diferente nele, mas tem receio de se magoar novamente, como aconteceu com Ian. Andrew, que está indo visitar o pai que, infelizmente, está à beira da morte, também não esperava conhecer uma moça que mexesse tanto com ele no meio dessa viagem.

Entre o agora e o nunca me surpreendeu de diversas formas. Era um livro que eu sabia que provavelmente iria gostar, mas nunca pensei que o marcaria como favorito, nem que mudaria minha forma de pensar alguns assuntos. Os personagens são muito reais e sofrem problemas difíceis, mas totalmente verdadeiros.

Algumas pessoas se incomodaram com a quantidade de palavrões que existem no livro, mas achei que fez parte do estilo de narrativa da autora e não me importei. Também vi várias pessoas dizendo que não gostaram do final, mas eu simplesmente adorei! Achei que era, assim como todo o livro, o mais real que a autora conseguiu mostrar.

O livro é narrado pelo ponto de vista dos dois personagens, e isso só tornou a leitura ainda mais dinâmica e prazerosa. Entre o agora e o nunca não é apenas um livro sobre dois jovens que buscam a felicidade em uma road-trip, é um livro que revela que podemos ir atrás dos nossos sonhos por mais malucos que eles pareçam ser e que, às vezes, é preciso se arriscar sem pensar nas consequências. Porque a vida é simples, somos nós que a deixamos complicada.


"A verdade é que todo mundo tem problemas; todos nós enfrentamos dificuldades e dor, e minha dor é o paraíso comparada com a de muitas outras pessoas, e não tenho lá muito direito de me queixar." Pág. 21

4 comentários:

  1. Me senti exatamente como você. Quando o peguei pra ler não dava nada por ele e antes do fim da leitura já estava nos meus favoritos. Muito bom e emocionante. Além de ter várias citações ótimas!

    http://readinginparis.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito desse livro e não vejo a hora de ler Entre o Agora e o Sempre.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  3. Esse livro parece ótimo, e estou muito ansiosa para poder lê-lo.

    The Lord of Thrones

    ResponderExcluir
  4. OiOi Andresa.
    Desde que vi algumas blogueiras falando da versão em inglês já fiquei super curiosa, agora com a tua resenha já vou colocar na lista de livros que quero pro natal, assim já peço o segundo junto *-*
    Muito bacana a tua resenha :D

    Beijoux ;*
    @pirulitolimao | http://agarotadalivrariia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

• Escreva um comentário e deixe uma blogueira muito feliz!

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul editado por Anderson Vidal