17 de abr de 2014

O cavaleiro de bronze - Paullina Simons

Editora: Novo Século
Páginas: 504

A Segunda Guerra Mundial ainda não havia alcançado a cidade de Leningrado, onde as duas irmãs Tatiana e Dasha Metanova viviam, dividindo um pequeno cômodo com seu irmão, seus pais e avós. Tudo muda quando as tropas de Hitler atacam a União Soviética e ameaçam invadir a grande, mas decadente, cidade. Fome, desespero e medo tomam conta de Leningrado, durante o terrível inverno no qual a cidade foi submetida ao cerco alemão. No entanto, a luz do amor é sempre capaz de iluminar a mais profunda escuridão. Tatiana conhece Alexander, um jovem e corajoso oficial do Exército Vermelho. O rapaz, forte, confiante e guardando um passado misterioso e problemático, e sente-se atraído por Tatiana — e ela por ele. O amor impossível de Tatiana e Alexander ameaça agora dividir a família Metanova. E que segredo é esse que se esconde no passado do soldado, tão devastador quanto a própria guerra?


Assim que bati os olhos nessa capa eu soube que iria gostar da história, quando li a sinopse morri de curiosidade, mas quando enfim li o livro... Ah, aí sim me apaixonei! Não me apaixonei por conter um enredo fofo e romântico, longe disso, os personagens sofrem, amam, vivem, lutam, brigam... A intensidade do livro é inexplicável. Terminei a leitura extasiada!

Como explicado na sinopse, tudo se passa na União Soviética, durante o período da Segunda Guerra Mundial, e a história relata a vida da família Metanova, que estava tranquila, acreditando piamente que nada aconteceria com a pequena cidade de Leningrado, onde viviam. Entretanto, aos poucos a guerra vai se alastrando e invade todos os lugares, inclusive seus lares.

Em meio a bombardeios e combates, Tatiana, a mais nova da família, conhece um oficial do Exercito Vermelho chamado Alexander. Os dois vivem um amor intenso e extremamente complicado e terão que ser fortes para sobreviver a guerra e ao romance.

O livro foi muito bem estruturado, desde os detalhes dos acontecimentos do combate, como as explosões, as mortes, a fome e a dor, até os momentos de paz, calmaria e, claro, as cenas de amor entre o casal principal. Os personagens são intrigantes e me deixaram muito curiosa, em cada momento eu me vi pensando algo diferente sobre determinada pessoa.

O romance é muito mais complexo do que posso explicar, se eu disser mais alguma coisa sobre os problemas que o casal enfrenta vou entregar metade da história. Apenas devo dizer que é um livro que precisa ser lido! Você irá se emocionar do início ao fim e terminará com uma vontade louca de estar logo com a continuação nas mãos (eu estou desesperada!).

PS: Sei que a resenha ficou curta, mas a realidade é que gostei tanto do livro que ele teve o poder de me deixar sem palavras...

“O soldado afastou-se dela e foi na direção do ônibus. Tatiana o observou. Até mesmo o seu andar era de outro mundo: a pisada era muito segura, o passo muito longo, mas de alguma forma tudo parecia correto, com aparência certa, a sensação adequada. Era como achar um livro que você pensava haver perdido. Ah, sim, lá está.”  Pág. 41

5 comentários:

  1. Legal a ambientação dessa história, e ser tão bem estruturada tanto sobre a guerra quanto o drama romântico. Parece um ótimo livro. Mas precisava mesmo de continuação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este livro é apenas metade do primeiro livro da série O Cavaleiro de Bronze. Depois da continuação desse, ainda tem Tatiana & Alexander e The Summer Garden. São histórias igualmente maravilhosas que dão continuidade à saga de Tatiana e Alexander. :) Vale muito a pena ler!

      Excluir
  2. Olá, Andresa!
    Estava louca para ler a sua opinião sobre esse livro, pois desde que vi essa capa e li a sinopse fiquei curiosa. Agora só consigo pensar em adquiri-lo e devorá-lo!
    Lembro que da 7ª até o 2º ano do ensino médio, eu "meio que" procurava livros sob a temática da guerra. Eu gostava de romances difíceis e dolorosos, depois deixei isso de lado, mas quando li sobre esse livro me bateu uma saudade de livros assim. <3
    Por mais que tu tenhas ficado "sem palavras", conseguimos absorver os sentimentos que fizeram parte da tua leitura e ficamos animados com a possibilidade de ler e sentir as mesmas coisas, sabe? Adorei!

    PS.: Não sei se você já leu "Ensurdecedor", da Francis Itani, mas lembro que eu me apaixonei pela linda história que se passa durante a 1ª G.M.. (link do skoob: http://www.skoob.com.br/livro/14908)

    Beijocas,
    Samy Aquino - http://samyaquino.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Acho que todo mundo fica com essa sensação de "gostar tanto que não tem palavras para descrever" O Cavaleiro de Bronze. Eu senti o mesmo e chorei horrores ao final do primeiro livro. A autora é super detalhista sobre os fatos históricos e retrata a vida das pessoas comuns nesse período tão delicado na história da antiga União Soviética, que a gente praticamente se sente vivendo tudo. É uma obra maravilhosa, não é de se admirar que foi um best seller no mundo inteiro!
    Espero que a Novo Século, após o livro "O Cavaleiro de Bronze - Livro II - O Portão Dourado" publique também os demais livros da série The Bronze Horseman: "Tatiana and Alexander - The Bridge to the Holy Cross" e "The Summer Garden". As continuações de O Cavaleiro de Bronze são igualmente maravilhosas, tocantes, delicadas e de tirar o fôlego. Recomendo demais!
    Se quiser saber mais sobre essa série linda da Paullina Simons, fique à vontade para visitar meu blog > The Bronze Horseman Brasil (http://bronzehorsemanbr.wordpress.com/)
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Andressa! :)
    Mais uma vez, parabéns pela promoção ;) #segredo *-*'
    Que resenha incrível. Eu ainda não tinha ouvido falar desse livro, conheci e depois da sua resenha descobri que preciso lê-lo. Eu adoro histórias que falam sobre a guerra, histórias com as quais é possível se identificar, afinal .. não vivemos esses tempos, mas qualquer um que tenha o mínimo de empatia, sabe o quanto dói pensar nessa época. Já ouvi falar da Paullina, e já coloquei toda a série na minha lista de desejados. Ansiosa para comprar! <3

    Beijos,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir

• Escreva um comentário e deixe uma blogueira muito feliz!

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul editado por Anderson Vidal