29 de ago de 2014

Surpreenda-me - Megan Maxwell

Editora: Suma de Letras
Páginas: 368
Resenha: Ana Paula da Cruz

Björn é um atraente advogado alemão para quem a vida sempre foi fácil. É um homem apaixonado pelas mulheres e pelo sexo sem compromisso. Adora participar de jogos sexuais e tem sempre a companhia que quiser à disposição: sabe o fascínio que exerce sobre o sexo oposto. A espanhola Melanie é uma mulher independente, que chama atenção pela beleza e pelo temperamento forte.
Como piloto do Exército americano está acostumada a levar uma vida de riscos constantes, embora sua principal missão seja lutar para criar sozinha a filha Sami. Quando o destino os coloca cara a cara, a tensão entre eles é evidente... Mas a hostilidade que marcou o encontro deles a princípio pouco a pouco se transforma num desejo incontrolável.

Admito que não sou muito fã de leitura erótica. Não faz nada meu perfil e também não acho tão interessante assim ler essas coisas, tanto que odeio Cinquenta tons de cinza - crucifiquem-me se quiserem. Entretanto... Surpreenda-me me surpreendeu. HEHE. 

Em Surpreenda-me conhecemos Mel e Björn. Mel é piloto do exército americano, espanhola de nascimento e que chama a atenção por onde passa. Deixa a marca dela pelo temperamento forte, personalidade bem decidida e pela língua ferina. Quando não está em missão doa todo seu tempo à filha, a “princesa Sami”. Björn é um alemão lindo, rico, engraçado e que sempre consegue o que quer, inclusive em relação a seus gostos sexuais um tanto quanto “extravagantes”. Ambos se conhecem na casa dos amigos em comum, Judith e Eric (protagonistas de uma outra série da autora - Peça-me o que quiser) e se interessam um pelo outro de imediato.

Adorei a história criada, é uma leitura muito divertida. Uma das coisas que mais me chamou a atenção neste livro, diferente de outros eróticos que li, foi a química palpável entre o casal protagonista. Quando Mel e Björn se encontravam parecia que as páginas estavam pegando fogo, mesmo quando as cenas não eram envolvendo sexo. O desejo era praticamente jogado de dentro das palavras e frases que eles trocavam.

Achei muita boa a construção deles e a construção da relação envolvendo os dois e que foi se solidificando e ficando mais madura ao longo da história. A ironia e a sagacidade de ambos também renderam boas risadas à leitura, cenas muito boas foram escritas em cima de alfinetadas que ambos trocavam, sensacional. 

A narrativa da autora é extremamente fluída e é bem específica - por isso o livro é recomendado para maiores de idade. A autora não poupa palavras e termos para a descrição das inúmeras e inúmeras cenas de sexo que o livro tem (por isso é erótico né, Ana Paula!). Porém o que me deixou contente é que em Surpreenda-me não havia APENAS sexo (tem bastante, sim, mas não só isso), tem toda uma história de vida dos personagens, o que faz com que não fiquei só aquela coisa “carnal” na leitura, sendo possível inclusive se conectar com os personagens.

Uma coisa que me incomodou na leitura foi o motivo das brigas que Björn e Mel tinham. Achei muito fraco e desnecessário, mas cada um tem seus motivos, inclusive personagens de livros... então. Tirando isso, uma leitura bem boa e recomendada. Mesmo sendo erótica.

"À noite, quando Mel entrou debaixo das cobertas sozinha, pela primeira vez em muito tempo não foi Mike que ocupou seus pensamentos: em seu lugar, apareceu um cara prepotente de olhos azuis chamado Björn."

2 comentários:

  1. Não gosto de livros assim, não por serem eróticos, não me importo com isso (As Crônicas de Fogo e Gelo tem várias cenas de sexo, e mesmo assim não são pesadas nem nada), mas é pelo fato do romance. Romances hoje em dia são óbvios e simples demais, mal elaborados, chatos, etc.

    The Lord of Thrones

    ResponderExcluir
  2. Ohhh calma aí, não vou te crucificar, mas amo cinquenta tons! Kkkk
    Gostei da resenha, livros eróticos não são meu gênero, mas este fiquei interessada. 😘
    www.naestantedale.com

    ResponderExcluir

• Escreva um comentário e deixe uma blogueira muito feliz!

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul editado por Anderson Vidal